Perguntas e Respostas

ATENÇÃO:    A MAIORIA DAS PERGUNTAS NÃO VAI SER RESPONDIDA! Perguntas que beneficiem muitas pessoas têm mais chances de serem respondidas. Não submetam casos individuais. Mesmo perguntas pertinentes podem não vir a  ser respondidas, ou pode haver demora de meses até que sejam.

Este site não pretende substituir uma consulta convencional. NADA substitui a presença física do paciente, a história clínica e os exames corretos. Apesar de todo cuidado ser tomado para que não hajam mal entendidos, não podemos nos responsabilizar por  possíveis erros clínicos decorrentes da falta de informações imprescindíveis.

.

A intenção do serviço é beneficiar o maior número possível de pessoas, portanto APENAS questões de interesse geral (ou de grande número de pessoas) são respondidas no site. Agradecemos a compreensão.

Equipe Reumatologia Avançada

.

  1. Dr. Pedro, Lupus Eritematoso sistêmico com FAN negativo é possivel?

    Dr. Pedro Ming
    Menos de 1% dos Lupus Eritematoso sistêmicos (LES) têm o FAN negativo e, nesses casos, frequentemente outros auto-anticorpos são positivos. Portanto, é possível, mas é muito pouco provável. Vale repetir o exame e/ou repensar o diagnóstico.

  2. Marcela disse:

    Boa noite! Tenho síndrome de raynaud, olhos secos,costocondrite, minha pele fere e mancha no sol mas meu fan é negativo. Divido opiniões médicas, como chegar a uma conclusão?

    Reumatologia Avançada
    Cara Marcela, esse site não se propõe (e não pode) discutir casos isolados. Nosso objetivo é resolver dúvidas que possam servir à um grande número de pessoas. Sugiro que vc busque um reumatologista da sua confiança. Estimamos melhoras!

  3. janete disse:

    boa tarde eu gosrtaria de saber se existe mesmo vários tipos de lupus ou sao todos iguais pois a doença é a mesma?

    Reumatologia Avançada
    Cara Janete, existe o lupus sistêmico e o lupus cutâneo. Ambos podem aconter juntos ou separados. O lupus sistêmico, por sí, já pode gerar uma enorme variedade de sintomas.

  4. Seliane Ap. de Campos disse:

    Gostaria de saber, o indivíduo que possui esclerose sistêmica pode fazer atividade física?

    Reumatologia Avançada
    Pode, e deve, Seliane! Como qualquer pessoa, dentro dos limites de cada um.

  5. Danilo Coelho disse:

    Tenho a muitos anos alopécia areata no corpo inteiro. Posso fazer o tratamento dessa doença com um reumatologista?

    Reumatologia Avançada
    Caro Danilo, mesmo sendo a alopécia ariata uma doença autoimune (geralmente assistidas por um reumatologista), ela é, também, exclusivamente limitada à pele, portanto deve ser vista por um dermatologista.

  6. Ana Paula disse:

    Sou estudante de fisioterapia e não consigo encontrar se um paciente que tem Sindrome de Sgrojen pode ser tratado com a hidroterapia.

    Reumatologia Avançada
    Não há contraindicações, Ana.

  7. Ketley Kievel disse:

    Boa Noite.
    Não tenho nenhuma pergunta, mas não posso deixar passar a oportunidade de registrar: parabéns pela iniciativa. Fiquei muito feliz ao me deparar com este site. Que iniciativa nobre!
    Muito sucesso para o senhor! 🙏🏻👏

  8. Emelin teles disse:

    Olá! Eu tenho esclerdermia desde meus 3 anos de idade. Hoje tenho 26. A doença não esta ativa. Faco tratamento e exames de sangue em 3 em 3 meses. Gostaria de sabe se ela pode volta fica ativa?

    Dr. Pedro Ming
    É possivel, Emelin, mas é muito pouco provável. Se vc está bem a tanto tempo, é quase certo que você vá continuar bem!

  9. João Luís disse:

    Sr. João Luís:
    Existe alguma cirurgia para cura de uma costocondrite?

    Dr. Pedro Ming
    Não. O tratamento da condição é clínico. Infiltrações com corticoesteróides (injeção no local) podem ser realizadas, preferencialmente guiadas por ultrassom.

  10. Sander diogo disse:

    Dr. Tenho espondilite arquilosante gostaria de saber a diferença de espondiloartrose. Grato.

    Dr. Pedro Ming.
    Caro Sander, essa questão já foi explorada no artigo sobre espondilartropatias. Veja: http://www.reumatologiaavancada.com.br/doencas-reumaticas/318/

  11. Moura disse:

    Me foi prescrito Benzetacil de 21 em 21 dias por 5 anos. Tenho medo que o tratamento possa ter afetado minha artéria. Gostaria de saber se é possível ter me prejudicado. Obrigado.

    Dr. Pedro Ming
    Não discutirei se a Bezetacil (penicilina benzatina intramuscular) era, ou não, necessária no seu caso. Não é o objetivo deste site. No entanto acho importante dizer que o uso crônico de Bezetacil, mesmo por muitos anos, não causa sequelas e é seguro.

  12. Marisa Mello disse:

    Boa noite,
    Realizei raio-x da bacia e o resultado foi esclerose sacro ilíaca, tenho dores freqüentes do lado esquerdo do quadril, na altura das nádegas. Este quadro pode estabilizar? Tenho medo de uma progressão com a idade.

    Dr. Pedro Ming
    Esclerose de sacroilíacas não necessariamente representa uma doença. Ela pode ser a “cicatriz” de uma inflamação no passado, mas também pode ser apenas as marcas de uma sobrecarga nesta articulação, como a que acontece durante gestações. Teoricamente a esclerose das sacroilíacas não causa sintomas. Por outro lado, tanto os sintomas que você apresenta, quanto a esclerose que apareceu no raio-x, podem ser secundários a uma inflamação ativa nesta articulação. Esta inflamação se chama sacroileíte. O raio-x não é muito bom para diagnosticar sacroileíte. Ao raio-x vemos apenas a esclerose e, as vezes, erosões (cistos/desgastes). A sacroileíte frequentemente faz parte de um grupo de condições reumatológicas chamadas “espondiloartropatias”. Para saber mais sobre as espondiloartropatias, leia o artigo http://www.reumatologiaavancada.com.br/doencas-reumaticas/318/

  13. aline disse:

    O q fazer com a doença sacroiliíte?

    Dr. Pedro Ming
    Dá-se o nome de sacroileíte a inflamação na articulação sacroilíaca (entre a coluna e o quadril). A sacroileíte frequentemente faz parte de um grupo de condições reumatológicas chamadas “espondiloartropatias”. Para saber mais sobre as espondiloartropatias, leia o artigo: http://www.reumatologiaavancada.com.br/doencas-reumaticas/318/

  14. valéria disse:

    um dia chego la …. vou me curar d fibromialgia eu prometo a min mesmo ………………….

  15. Renata Almeida disse:

    Dr. Tenho Febre Reumática, queria saber qual especialista deve trata a doença??

    Dr. Pedro Ming
    Em geral o manejo da febre reumática não oferece grandes dificuldades. Teoricamente qualquer bom clínico pode tratar a doença, desde que esteja bem informado sobre o tema. Na prática vejo uma infinidade de diagnósticos equivocados, e injeções de penicilina desnecessárias. Minha sugestão é: se o diagnóstico é duvidoso, consulte um reumatologista. E se o acometimento do coração é importante, acompanhe com um cardiologista.

  16. leliana Aparecida Carvalho disse:

    Porque os médicos tem dificuldade em tratar os pacientes com fibromialgia?

    Dr. Pedro Ming
    Fiquei pensando sobre como responderia esta sua questão, Leliana. Acho que é porque por mais que os remédios ajudem, a “cura” só pode ser alcançada com mudanças de estilo de vida e de padrões de comportamento (que vêm lá da infância). Isto, Leliana, nós médicos só podemos indicar. O resto é com vocês…

  17. Josemir Nery dos Santos disse:

    Gostaria de saber se infecção por bactérias e/ou fungos, Pneumonia, Tuberculose e/ou o medicamento empregado no tratamento da Tuberculose poderia desencadear o quadro de Espondilite Anquilosante. Josemir.

    Dr. Pedro Ming
    A pergunta é boa, e mais difícil de responder do que pode parecer. A resposta pronta seria não, nem as micobactérias da tuberculose, nem fungos, nem as bactérias da Pneumonia, ou o medicamento empregado no tratamento destas doenças são conhecidos como agentes desencadeares de Espondilite Anquilosante (EA). Por outro lado, a EA é uma doença do grupo das espondiloartropatias. Todas as doenças neste grupo têm muitos aspectos em comuns, tanto clínicos quanto imunológicos. Outra doença-irmã da EA, também pertencente ao mesmo grupo, é a Artrite Reativa, ou doença de Reiter. Esta doença é sabidamente desencadeada por algumas infecções, classicamente envolvendo Salmonella, Shigella, Yersinia, Chlamydia pneumoniae, Chlamydia trachomatis, Escherichia coli, Ureaplasma urealyticum, ou Mycoplasma genitalium. Algumas delas causam infecções intestinais, outras genitais e outras pulmonares (portanto, pneumonias). O mais interessante para o seu caso é que uma destas bactérias, a Yersinia pseudotuberculosis, causa um quadro parecido com tuberculose, como o nome já diz. Além disso, um tratamento para câncer de bexiga que envolve a injeção de fragmentos do bacilo da tuberculose na bexiga também parece ser capaz de desencadear artrite reativa. Portanto, Josemir, se estas infecções bacterianas e micobacterianas podem desencadear artrite reativa, é possível que possam desencadear a doença irmã, EA, em indivíduos susceptíveis. Só que ainda não temos certeza disto…

  18. Raiane disse:

    Uma criança que tem febre reumatica com discreta sequela na valva mitral pode praticar esportes?

    Dr. Pedro Ming
    “Com discreta sequela na valva mitral”, Raiane, sem dúvidas! Não vá fazer a vida do pequeno ainda mais difícil do que já é com as injeções frequentes. Bola para frente!! Na fase aguda da doença (primeiras semanas/meses), repouso é importante. Depois a atividade esportiva está liberada. Com lesões valvares mais importantes (moderadas/graves) eventualmente hajam sintomas de insuficiência cardíaca. Nestes casos as atividades ficam muito prejudicadas. Felizmente estas situações são cada vez mais raras em nossa população, e modificáveis por cirurgia.

  19. Raiane disse:

    Gostaria de saber se é possível uma criança que tenha Febre Reumática desenvolver cardite mesmo tomando as injeções de Penicilina Benzatina de 21 em 21 dias?

    Dr. Pedro Ming
    Novos surtos de cardite só vão acontecer se houver outra infecção de garganta pelo streptococcus (a bactéria que causa febre reumática). Apesar ser teoricamente possível, isto é MUITO improvável em quem está tomando as injeções regularmente.

  20. lucas disse:

    Quem tem reumatismo no sangue, sopro no coração pode fazer academia Dr?

    Dr. Pedro Ming
    “Reumatismo no sangue” não é um termo médico e tem um significado em cada cabeça. Imagino que no seu caso “reumatismo no sangue” queira dizer febre reumática, que é o reumatismo que normalmente leva a sopros no coração. Em geral não há contraindicações à realização de atividades físicas, exceto na fase aguda (semanas/meses apos o início da doença) ou em sopros mais graves, levando à insuficiência cardíaca. De qualquer forma este sopro deve ser acompanhado por um cardiologista, que poderá responder esta questão especificamente para o seu caso.

  21. kelly disse:

    Gostaria de saber sobre a real eficacia de se tomar benzetacil com prazo indeterminado, uma pessoa que teve febre reumatica e possui sequela na valva mitral de natureza moderada a importante como medida preventiva de não se ter dores de garganta. Caso ela tome a injeção apenas quando dores de garganta aparecerem adiantaria? Obrigada. Kelly.

    Dr. Pedro Ming
    pedroming@reumatologiaavancada.com.br
    Kelly, esta é uma pergunta muito importante! Eu sei que as injeções são medievais, mas até o momento não temos NADA que as substitua. Cerca de 2/3 das infecções de garganta não produzem nenhum sintoma! Então as chances de uma delas passar desapercebida e não ser tratada é muito grande, mesmo que você fique atenta. E aí, existem sérias chances da doença voltar e causar sérios danos ao coração. NO ENTANTO, injeções para o resto da vida NÃO É PARA TODO MUNDO! É só para aqueles que tiveram problemas sérios no coração. As diretrizes da associação americana de cardiologia são as seguintes:
    - Pessoas que tiveram febre reumática SEM acometimento do coração, ou com com acometimento LEVE do coração (que suma em ecocardiogramas posteriores): Bezetacil a cada 28 dias até 10 anos depois da última crise, ou até completar 21 anos (o que for MAIS LONGO!)
    - Pessoas que tiveram acometimento MODERADO do coração (que não suma em ecocardigramas posteriores): Bezetacil a cada 28 dias até 10 anos depois da última crise ou até completar 30 – 40 anos (o que for MAIS LONGO)
    - Pessoas que tiveram acometimento GRAVE do coração (lesões no coração persistentes e significantes): Bezetacil a cada 28 dias até 10 anos depois da última crise ou até completar 40 anos (o que for MAIS LONGO), MAS devem ser considerados os riscos de cada pessoa. Se o especialista achar que o risco é grande, o tratamento deve ser continuado por toda vida.

  22. José Gama disse:

    Ilustre Dr. Pedro Ming – Parabéns por seu gesto humano e solidário e que muito o dignifica. Minha área acadêmica refere-se à Finanças porém, gosto de assuntos da Medicina. Dêsde 1955 os exames R-X acusavam: sugestiva de D Paget na hemobacia D mas nunca houve tratamento porém, pesquisando com amigo Médico, fiquei inteirado do assunto. Somente há 3 anos é que me submeteram a tratamento da ref. Doença para tentar conter o avanço dela. Tenho 83 anos e já me considero na RETA FINAL e agradeço à Deus (sou Religioso) um final feliz. Que Deus o ilumine e OBRIGADO. José Gama – Belém-PA

  23. Lais Vaz teodorak disse:

    Tenho artrite reumatoide juvenil e FAN positivo. Meu sonho é ser mãe, mais tenho um certo medo devido ao medicamentos que uso: leflunomida (arava) e metotrexato injetável. Me disseram que devido o uso das medicações não posso engravidar, por que o bebê pode nascer com problema. Quais os riscos? isso é verdade? Se eu engravidar sofro algum risco também? Se eu tiver o bebê ele sofrera mal formação?

    Dr. Pedro Ming
    Lais, infelizmente isso é verdade. Tanto o leflunomide quanto o metotrexate são incompatíveis com a gravidez. Ambos podem causar aborto, ou pior, má formação ou retardo mental no feto. A gravidez é possível APÓS 1 ANO DA RETIRADA DESTAS MEDICAÇÕES. Converse com seu médico. Se a gravidez for mesmo MUITO importante para vc ele pode estudar modificar suas drogas por outras mais compatíveis com a gestação.

  24. Angela Danuse Damiani de Vasconcelos disse:

    Me indique um Reumato especialista em doença de Behçet em São Paulo. Grata.

    Dr. Pedro Ming
    pedroming@reumatologiaavancada.com.br
    Sugiro que você, ou qualquer pessoa que necessite um bom reumatologista, procure um associado à sociedade brasileira de reumatologia. O site da sociedade oferece esta facilidade. Clique aqui.

  25. fabiane disse:

    Dr, o exame de meu filho de 10 anos,apresentou um valor elevado de “aslo”, 800 ui ,só que ele dificilmente tem problemas de garganta ou outro tipo de infecção,que outra informação há para isso e porque a médica me recomendou um cardiologista?Estou Aguardo contato,obrigada…

    Dr. Pedro Ming
    pedroming@reumatologiaavancada.com
    Por favor leia a matéria sobre ASLO clicando aqui

  26. Paulo Rangel disse:

    Caro colega, gostaria de sua opinião sobre o tratamento da: osteoartrite com o sulfato de glucosamina+ sulfato de condroitina e tb uso das drogas em separados na reconstituição da cartilagem( joelho), e se o paciente pode fazer ginástica ( hidroginástica etc..). Grato!! Forte abraço

    Dr. Pedro Ming
    pedroming@reumatologiaavancada.com
    Caro Dr. Paulo, este site devia mesmo informações sobre o mais prevalente dos “reumatismos”, a artrose. Atendendo à sua requisição, e certamente à dúvida de muitos, inseri hoje uma revisão sobre o assunto (clique aqui). Espero que goste. Abraço!

  27. Gabrielle Cardoso disse:

    Olá, Tenho 25 anos e descobri que tenho síndrome do anticorpo antifosfolípide, ainda não sei se é secundáriaou primária a lúpus. Gostaria de saber se posso usar anticoncepcional ou se existe alguma restrição?

    Dr. Pedro Ming
    Uma coisa é ter um (ou mais) anticorpos anti-fosfolípides, presentes em exames, outra coisa é ter a síndrome do anticorpo anti-fosfolípide (SAAF) propriamente dita. Sucintamente, ter a síndrome significa ter o(s) anticorpo(s) (em mais de 1 dosagem) e tromboses ou abortos (3 ou mais com menos de 10 semanas; 1 ou mais com mais de 10 semanas; 1 ou mais nascimento precoce). A SAAF pode ser primária (quando vem sozinha) ou secundária (quando vem junto com outra doença autoimune, como o LUPUS). Se vc tem apenas o anticorpo sem qualquer outro sintoma, provavelmente não tem a doença e, salvo algumas exceções, poderá tomar anti-concepcionais normalmente. Agora se vc tem a síndrome, o uso de anti-concepcionais com estrógeno é contraindicado, por aumentar o risco de novas tromboses. Isto é muito importante! Existem anticoncepcionais sem estrógeno que podem (devem) ser usados. O estrógeno também é contraindicado no Lupus e em outras doenças autoimunes, portanto se seu SAAF é secundário, tem mais um motivo para não usá-lo

  28. felipe disse:

    Eu fiz o exame de anti-estreptolisina e ele deu 638 eu só tenho 14 anos e a medica passou o benzetaciu para mim tomar durante 6 meses de 21 e 21 dias estou preocudado e com medo. Gostaria de saber se e normal passa benzetaciu e se não tem outro remedio para substituir? Porque ele é um medicamento muito forte e é nmuito tempo e doiii muito.

    Dr. Pedro Ming
    Olá Felipe! O ASLO apenas não faz diagnóstico de febre reumática e, sozinho, não indica a penicilina benzatina. Seu médico deve ter outra razão além desta para indicar o tratamento. Veja o artigo sobre o ASLO aqui.

  29. ola,gostaria de saber mais sobre o lúpus eritematoso, sou diagnosticada com ele e quero saber pq ele causa tanta dor. Dr. me dê umas dicas para viver melhor com esta doença. Obrigada

    Dr. Pedro Ming
    Leia o artigo sobre lupus neste site! Clique aqui.

  30. Ana Paula disse:

    Dr. tenho 21 anos a acabei de receber o resultado de que meu fator reumatológico está em 128Ul/ml… o laboratório usa 8 como padrão. Quais as doenças mais prováveis que posso ter?

    Dr. Pedro Ming
    Ana Paula, leia o artigo sobre VHS

  31. Ana Claudia disse:

    Olá Dr., tenho 33 anos e faço uso de leflunomide somente 2 vezes por semana e prentendo engravidar. Gostaria de saber se mesmo tomando só 40mg por semana tenho que parar a medicação 3 meses antes de engravidar? Desde de já agradeço a atenção.

    Dr. Pedro Ming
    DEFINITIVAMENTE você deve parar o leflunomide antes de tentar engravidar, sob o risco de abortar ou pior, ter um filho deficiente. MESMO em pequenas quantidades. Eu, particularmente, acho que 3 meses é pouco. A bula fala em 1 ano, até onde se sabe 6 meses é seguro. Não só o Leflunomide mas muitas outras medicações reumatológicas não são compatíveis com a gravidez (metotrexate, Talidomida, Ciclofosfamida, por exemplo). Outras parecem ser seguras e são muitas vezes usadas, mas não possuem estudos definitivos (cloroquina, azatioprina). A simples retirada da medicação geralmente leva a reagudização da doença, com conseqüências para a mãe e para o feto. Além disso, algumas doenças reumáticas classicamente melhoram com a gravidez (artrite reumatóide) e outras pioram (lupus). Em fim, pacientes reumatológicos devem planejar a gravidez a 3! O pai, a mãe e o reumatologista!

  32. Pedro Luiz disse:

    Dr, tenho dores e meu fator reumatóide veio positivo. Eu tenho algum tipo de reumatismo?

    Dr. Pedro Ming
    pedroming@reumatologiaavancada.com.br
    Rachel, esta questão é bastante frequente, de forma que criei um post para respondê-la. P.f. acesse este link: Aqui

  33. adenilson disse:

    Olá Dr. gostaria de saber o é proteina c reativa, e q faz com q ela aumenta causando reumatismo no sangue?

    Dr. Pedro Ming
    pedroming@reumatologiaavancada.com
    A pergunta é relevante e certamente compartilhada por mais pessoas. Por isso escrevi um artigo sobre o assunto. Clique aqui.

  34. Palloma disse:

    Ola doutor, sou Palloma gostaria de saber um pouco mais sobre a fibromialgia as vezes acho que estou com essa sindrome, eu tenhos dores nas articulaçãoes, acordo cansada e fico cansada o dia todo, tenho dores nas costas e ate inchaço nas mesmas,tenho enxaqueca com aura fui ao ortopedistas e ele me pediu um ultrasson e tomografia. Na sua opiniaõ tenho fIBROMIALGIA? como poderei ter a certeza?

    Dr. Pedro Ming
    pedroming@reumatologiaavancada.com.br
    Palloma, o artigo sobre fibromialgia deste site deve lhe enteressar: Clique Aqui

  35. gabriel disse:

    Eu gostaria de saber se é normal um jovem de apenas 21 anos de idade ter artrite???

    Dr. Pedro Ming
    pedroming@reumatologiaavancada.com.br
    Sim, Gabriel. Não confunda artrose com artrite. Artrose é o “desgaste” das articulações, causada pela idade, pela história de agressões às articulações e por fatores genéticos. Esta sim é um problema quase inexistente em jovens, salvo exceções (p.e. alterações da anatomia normal por traumas ou infecções levando a um desgaste acelerado). Artrite é um inflamação nas articulações causada por infecções, pela presença de cristais (p.e. gota), ou pelo próprio sistema imune (leia o artigo sobre autoimunidade). Existem diversas condições levando à artrite. Muitas delas acontecem, sim, em jovem e crianças.

  36. MARCIA disse:

    Dr., sou transplantada há 4 anos, sinto muito cansaço. Será q é devido aos imunussupressores? Eu uso predinisona 5 mg, ciclosporina, mifortic. Faço atividade física. Adoro! Mas nao tenho muita disposição, é um cansaço horrível! Existe alguma suplemento q posso tomar? OBRIGADA.

    Dr. Pedro Ming
    pedroming@reumatologiaavancada.com.br
    Vitaminas só melhoram o mal estar quando ele é causado por falta de vitaminas. Suplementos não devem ser tomados sem a anuência de seu médico. Se vc é transplantada, certamente é cuidada por médicos competentes. Converse com eles!

  37. Roberto disse:

    Dr., há pouco tempo fui diagnósticado com Líquen Plano. Gostaria de saber quais efeitos, causas, tratamento.

    Dr. Pedro Ming
    pedroming@reumatologiaavancada.com.br
    Sr. Roberto, Líquen Plano pertence aos domínios da dermatologia. Atenciosamente.

  38. Helaine disse:

    Olá, Dr Pedro. Há quatro meses fui diagnosticada, depois de ter feito uma ressonância magnética, com condropatia de patela, lesão de menisco e estiramento de ligamento cruzado. Sendo indicado artroscópia. A cirúrgia é o unico tratamento? Tenho medo! porque sinto muitas dores nas articulações. Elas estão sempre inflamadas. O joelho sempre quente e pior as vezes quando estou camimhando meu joelho trava. Tambem sinto muitas dores nos quadris. Dr.gostaria de mais explicações, será que tenho reumátismo? Artrose?

    Dr. Pedro Ming
    pedroming@reumatologiaavancada.com.br
    Condropatia de patelar, lesão meniscal e estiramento de ligamento cruzado são problemas da área ortopédica, portanto não vou me manifestar sobre opções de tratamento. Eles explicam a dor e, quem sabe, o inchaço no joelho afetado, mas nao as dores em outras atriculações as quais você se refere. Sugiro que você converse com seu médico sobre este outro quadro. Se ele considerar adequado irá te encaminhar a um reumatologista.

  39. Julia disse:

    Tenho 24 anos e não possuo nenhuma doença. Tenho muita vontade de colocar silicone, mas gostaria de saber se há riscos de eu desenvolver alguma doença auto-imune.

    Dr. Pedro Ming
    pedroming@reumatologiaavancada.com.br
    Julia, há cerca de 10 anos atrás existia uma suspeita de que próteses de silicone poderiam estar ligadas a esclerodermia sistêmica, mas isso não se confirmou em estudos subseqüentes. Em resumo, no momento não há evidências de que próteses de silicone estejam ligadas a doenças autoimunes.

  40. conceicao soares disse:

    Queria saber se a benzetacil engorda, porque desde que comecei tomar a injeção estou engordando muito!

    Dr. Pedro Ming
    pedroming@reumatologiaavancada.com.br
    Não, Conceição. Não há qualquer relação entre o uso de antibióticos, incluindo o Bezetacil, e ganho de peso. Atenciosamente,

  41. alessandra disse:

    Meu marido tem muita dor nas pernas, seria o caso de se consultar com um reumatologista?

    Dr. Pedro Ming
    pedroming@reumatologiaavancada.com.br
    Existem muitas causas de “dor nas pernas”. Algumas delas são reumatológicas. o correto é que o clínico do seu pai ajude a decidir qual a especialidade ideal para seu pai.
    Atenciosamente,

  42. sr. tenho dermatomiosite, tomo 15 mg de prednisona e uma vez pou semana metotrexate 15mg, estou com o rosto lua cheia, bem deformado, será que não posso fazer uma lipo no rosto? Estou desesperada isso me deixa depremida, pois minha auto-estima esta bem baixa. Preciso de uma solução. Obrigada

    Dr. Pedro Ming
    pedroming@reumatologiavançada.com.br
    Se Dermatomiosite é mesmo seu dianóstico, outras medicações podem ajudar, mas a cortisona é fundamental, pelo menos na fase inicial do tratamento. Tenho certeza que seu reumatologista se preocupa tanto quanto você com os efeitos colaterais desta substância e vai, assim que possível, retirando a medicação. Regimes podem e DEVEM ser feitos, e individualizados. Mas cirurgia plástica (lipo), em vigência da sua doença e das medicações, principalmente no rosto, não é possível. Se sua autoestima está baixa e vc está deprimida, converse com seu reumatologista sobre a necessidade de se introduzir um antidepressivo. Tenha paciência, não será sempre assim, e tenha ao seu lado um reumatologista no qual confia.

  43. Viviane Cabral de mello disse:

    Eu queria saber se o VHS estiver 80, isso é alto? obrigada. (eu tenho 27 anos)

    Dr. Pedro Ming
    pedroming@reumatologiaavancada.com.br

    Cara Viviane, esta é uma dúvida comum. Escreví um artigo sobre isso. Clique Aqui

  44. Ana Maria disse:

    Meu nome é Ana Maria,tenho 17 anos e estou com febre reumática. Gostaria de saber se posso fazer esportes,se é algo de deverá ser com moderação ou posso praticar normalmente?
    Obrigada.

    Dr. Pedro Ming
    pedroming@reumatologiaavancada.com.br
    Ana Maria, a febre reumática por sí não é nenhum empecilho à realização de esportes, exceto, claro, durante as atividades (crises). No entanto a cardite reumática pode deixar seqüelas (problemas nas válvulas) que podem sim ser limitante em relação a exercícios. Se este é o seu caso, quem deve liberar ou não as atividades é seu cardiologista, não o reumatologista.

  45. eliane disse:

    faço tratamento para dermatomiosite, comecei tomando 30 mg prednisona hoje tomo15 mg e 1xpor semana 15 mg de metotrexate,o dr. acha que esses medicamentos podem diminur com o tempo?Medico dermatologico pode melhorar a minha pele.

    Dr. Pedro Ming
    pedroming@reumatologiaavancada.com.br

    Dermatomiosite é uma doença que acomete diversos tecidos do corpo, em especial pele e músculos, como o nome dá a entender. Ela é melhor assistida por um reumatologista, e acredito que a grande maioria dos dermatologistas concordam comigo. O tratamento as vezes pode ser demorado e difícil, mas muitos pacientes um dia ficam livres dele e da doença. Novos conceitos e tratamentos estão surgindo para esta doença. Em breve será escrito um artigo completo sobre ela neste site. Fique de olho!

Envie um Comentário ou Pergunta!