O que significa um VHS elevado?

6/02/2011

Comentários

O que significa um VHS (velocidade de hemossedimentação) elevado?

O VHS é um dos exames mais utilizados por um reumatologista. O que significa o VHS? Em que situações ele está elevado? Quais as implicações desta elevação? Confira estas e outras respostas abaixo.

O que é o VHS?

VHS vem de Velocidade de Hemo-Sedimentação. “Hemo” (αίμα), em grego, significa sangue, e sedimentação, é a precipitação de partículas sólidas suspensas em um líquido pela ação da gravidade. Ao pé da letra, VHS significa a velocidade com que os glóbulos vermelhos se separam do “soro” e se depositam no fundo, se um tubo de sangue (com anti-coagulante) é deixado parado (veja figura). Os glóbulos vermelhos (hemácias), que têm a forma de “balas soft”, vão sendo puxadas para baixo pela gravidade e tendem a se aglomerar no fundo do tubo. No entanto as hemácias são cobertas por cargas elétricas negativas e, quando elas vão se aproximando no fundo, repelem-se umas às outras, como cargas iguais de ímans. Essa força magnética de repulsão se contrapõe à gravidade, e naturalmente diminui a velocidade com que as hemácias caem. No entanto, se junto com as hemácias, nadando no plasma, haja outras estruturas de cargas positivas, estas vão anular as cargas negativas das hemácias e também a repulsão magnética entre elas, permitindo sua aglutinação. Neste caso a gravidade age sozinha e a velocidade com que elas caem (velocidade de hemossedimentação) é acelerada. O VHS é expresso como o número de milímetros que o sangue sedimentou (no tubo) no espaço de 1 hora (mm/h).

VHS

O que mede o VHS?

Muitas proteínas concentram cargas positivas em um lado e negativas em outro (assimetria de cargas). A parte positiva destas proteínas tem o mesmo efeito sobre as hemácias. Diversas proteínas produzidas pelo corpo durante infecções ou inflamações (proteínas de fase ativa, principalmente o fribrinogênio) são assim. Portanto VHS é um jeito indireto de medir a presença inflamação ou infecção no corpo.

Em que condições o VHS está elevado?

Como acima descrito, em situações onde há inflamação/ infecção existe a produção de proteínas (de fase ativa) que elevam a velocidade de hemossedimentação. Mas outras proteínas também são capazes de alterar a velocidade da queda das hemácias. Fibrinogênio (necessário para a cogulação e produzido em excesso na gravidez), imunoglobulinas (anticorpos) e paraproteínas (produzidas por cânceres do sangue) são exemplos. Além disso, a diluição do sangue (gravidez, insuficiência cardíaca, insuficiência renal) diminui a viscosidade e separa as cargas repulsivas elevando o VHS. Uma das principais proteínas do plasma sanguíneo chama-se albumina. Ela também tem carga negativa, portanto quando sua concentração cai (falência hepática, perda renal ou intestinal) “sobra” proporcionalmente mais cargas positivas para anular as hemácias, elevando o VHS. Outro mecanismo de elevação do VHS consiste na diminuição do número de hemácias (anemia) ou alteração da forma das mesmas (anemia falciforme). A obesidade, o diabetes mellitus, o sexo e a idade são fatores que também influenciam o VHS.

Tabela 1: Situações nas quais há elevação de VHS

Situações

Exemplos

Inflamação Artrites (Reumatóide, Lúpus), Vasculites, Serosites
Infecção Aguda (amigdalite, cistite, gripe), Crônica (hepatites, osteomielites)
Hemodiluição Insuficiência cardíaca, Insuficiência renal, Gravidez
Queda de albumina Insuficiência hepática, perda renal (s. nefrótica), perda intestinal
Proteínas no sangue Gravidez (fibrinogênio), Câncer (paraproteínas), Crioglobulinemia
Alteração das hemácias Número (anemia), Forma (A. falciforme, esferocitose)
Outras Obesidade (aumento IL-6), Diabete Mellitus (vários mecanismos), tabagismo, idade, sexo feminino.

Qual é o valor normal para o VHS?

O VHS varia de acordo com a idade, sexo e método de aferição. Pode haver variações entre os valores normais de laboratório para laboratório, mas de maneira geral os valores normais podem ser aproximadamente expressos pela seguinte fórmula:

Homens

.      Valor normal = idade/2

Mulheres

.     Valor normal = (idade+10)/2

Crianças:

.      Valor normal =~ 3-13 mm/h

Meu VHS está elevado, o que isso significa?

Como acima descrito, existem diversas condições que podem alterar o VHS, muitas delas corriqueiras e passageiras como um resfriado, uma amigdalite e ou uma infecção urinária. Um exame pontualmente alterado pode não querer dizer nada! Frente a um VHS elevado a melhor postura muitas vezes é aguardar e repetir o exame mais tarde (como o VHS pode demorar semanas para cair mesmo depois da melhora clínica, o ideal é repetir o exame somente 1 mês mais tarde). Como praticamente todo exame laboratorial, o VHS deve ser interpretado dentro de um contexto clínico. Seu médico é a melhor pessoa para dizer se o VHS tem ou não importância clínica.

Imprimir (Versão para impressão amigável) Assine nosso RSS
  1. NAUSIDE disse:

    Ótimo texto, obrigada pelas orientações.

  2. Dr Vander P G Flisch disse:

    Excelente este trabalho. Esclarecedor e de fácil entendimento.

  3. ilza de fatima maciel disse:

    gostei muito da explicação muito bem informada muito facil para entender obrigada

  4. ADRIANA disse:

    Muito bom o texto.Obrigado

  5. Sérgio disse:

    muito boa a explicação, foi muito útil a mim!

  6. Odalgiro F. Oliveira disse:

    Muito didática a explicação. Gostei muito.

  7. Jéssica disse:

    A inflamaçao constatada no VHS pode ser causada por vírus ou somente por bactéria?

    Reumatologia Avançada

    Qualquer inflamação pode elevar o VHS, Jéssica.

  8. samuel vasco andrade disse:

    As minhas duvidas foram satisfeitas, muito obrigado

  9. Rita disse:

    Muito bem explicado!

  10. Marta Alves disse:

    O Reuquinol pode aumentar a hemossedimentação?

    Reumatologia Avançada
    Não, Marta. Essa substância (hidroxicloroquina) não tem esse efeito.

  11. Mari disse:

    O anticoncepcional pode elevar o VHS? Ou o colesterol alto pode elevar ele também?

    Reumatologia Avançada
    Não, Maria, nenhuma das duas substâncias têm esse efeito.

  12. Ivani rezende Muniz disse:

    Obrigada por tantos esclarecimentos. Abraços

  13. Ivani rezende Muniz disse:

    Excelente a matéria, muito obrigada, muito esclarecedora. Infelizmente o meu está bem alto, tenho síndrome de Sjögren. Abraços

  14. Ednor disse:

    Muito boa a explicação.

  15. Claudete disse:

    Parabéns pelas informações. Bastante claras.

  16. Danilo alves disse:

    Simples e direto.

  17. Fátima Castro disse:

    Boa noite. Gostaria de saber se para analisar o exame vhs tem que enviar o sangue rapidamente para o laboratório. Fiz o exame no posto SUS às 9 horas mas só levaram para o laboratório às 11 horas. Pelo que entendi o sangue teria que ser analisado na primeira e na segunda hora depois de retirado

    Reumatologia Avançada
    Olá, Fátima! É uma boa pergunta! A resposta é não, não precisa ser enviado rapidamente. O sangue coletado é colocado em um frasco com aticoagulante, portanto a qualquer momento ele pode ser agitado, levando às hemácias a voltarem a se espalhar pelo tubo. A partir daí a tal 1 hora é marcada.

  18. Ana Maria disse:

    Muito bommmmm!!! As informações bem claras, muito obrigada!!!

  19. Jorge Albeto disse:

    Excelente esclarecimento com redação de fácil entendimento

  20. Richele pires disse:

    Ótimo texto, claríssimo.

  21. Nete disse:

    Tenho fibromialgia. Isso pode lamentar o VHS?

    Reumatologia Avançada

    Não, Rodinete. Fibromialgia não está associada a elevação de VHS.

  22. Valéria Fiorenzano disse:

    Excelente explicação. Perfeitamente esclarecedor para nós leigos. Parabéns

  23. Itamara Castro disse:

    Maravilhosa as explicações. tenho Lúpus e constantemente meu médico me tranquiliza quanto a estar quase sempre com o VHS alto mas ainda assim quis ver uma segunda opinião. E, confesso, valeu a pena!!!

  24. Vilma Pereira de santana disse:

    Sou portadora da sídrome de Sjogren e meu VHS está sempre alterado, me ajudou muito essa matéria.

  25. Marilene Gil disse:

    Obrigada, texto detalhado e objetivo ao mesmo tempo, bastante esclarecer e fácil de se entender.

  26. Teodora disse:

    Muito boa a explicação. Super amei!!!

  27. Rose disse:

    Adorei a explicação de vcs. Clara, simples e ficiênte. continue assim!

  28. valeria disse:

    gostei das explicações

  29. alberto disse:

    Informação boa e esclarecedora. Ajudou muito! Paraabens

  30. Foi muito satisfatório esse assuto tirou minha duvida.

  31. orlando disse:

    Gostei da explanação sobre o VHS. Muito bom. Esclarecedor. Parabéns. Vou cuidar-me,

  32. Joao alberto disse:

    Parabens doutor,como seria bom termos mestres tao ilucidativos e com respostas tao simples e completas como as suas.

  33. gostei bastante

  34. Sheyla Félix disse:

    Muito bom!

  35. Maria jozianny disse:

    Excelente!!!!

  36. Girlane Maria Nery Fraga Souza disse:

    Muito esclarecedor, gostei muito, que Deus continue abençoando, muito obrigada.

  37. Aurilú Dantas disse:

    Seu artigo foi muito esclarecedor, até para um leigo em saúde, se lê com atenção, vai entender.Muito obrigada!

  38. dilson ribeiro sampaio disse:

    Excelentes e úteis as explicações. Sou, como alguns aqui, portador de LES e as explicações foram ótimas para mim.
    Grato Dilson

  39. Verilda Costa disse:

    Parabéns a toda Equipe. Deus abençoe por proporcionar mais conhecimentos para aqueles que buscam em saber sempre mais. Fico muito satisfeita em ver pessoas com vontade de passar o que é bom as outras (conhecimento )

  40. HeliaCarneiro disse:

    muito obrigada, fiquei feliz com as explicaçoes. meu marido esta com o VHS e PCR elevados, e tendo dor nas articulaçoes, so que ja marquei consulta com o reumatologista. e o que acho correto. obrigada.

  41. Laís disse:

    Agradeço pelas informações aqui encontradas , confesso q m nortearam neste momento…muito obrigada.

  42. Elizete Marinho disse:

    Explicado de forma simples,clara e eficiente.Obrigada.

  43. Crisana Line disse:

    O VHS elevado pode indicar artrose, já que a mesma causa inflamações nas articulações?

    Dr. Pedro Ming
    Por mais que a inflamação ajude a produzir artrose, ao mesmo tempo em que é produzida por ela, na artrose a inflamação acontece muito mais dentro da articulação do que no resto do corpo. Isso quer dizer que há pouca elevação de VHS, PCR ou outros exames de inflamação na artrose. Existem, no entanto, exceções: nos casos em que a artrose está avançada e a articulação bastante comprometida pode haver muita inflamação, inchaço, líquido e calor. Muita inflamação, e inflamação em muitas áreas podem levar a uma alteração nos exames. Outra exceção é o depósito de cristais de cálcio na artrose. Estes cristais podem levar a uma artrite bastante inflamatória, que também altera os exames.

  44. Neide disse:

    Excelentes explicações. OBRIGADA!

  45. irislane ribeiro disse:

    Adorei a forma simples das respostas!

  46. Amei a explicação! Obrigada.

  47. maria jose santos disse:

    Muito bom ,fiquei satisfeita com todas as explicações parabéns para toda equipe! Obrigada.

  48. paulo disse:

    Sou técnico de laboratório de analises clinicas, agradeço pela informação acima. O VHS é muito importante no diagnóstico de inúmeras doenças inflamatórias, anemias, infecções, etc. Portanto, o aumento do VHS devera ser interpretado pelo medico, de acordo com quadro clinico do paciente.

  49. Augusto disse:

    Parabéns pela matéria . Agradeço as informações recebidas. Excelentes explicações. Muito Obrigado.

  50. Maria disse:

    Tenho doença autoimune Esclerodermia sistêmica e isso explica o aumento do meu VHS. Certo?

    Dr. Pedro Ming
    A esclerodermia é uma doença particular entre as doenças reumáticas. Em geral ela causa pouca inflamação e, portanto, não leva à elevação das provas inflamatórias, como o VHS. Existem exceções para esta regra: presença de artrite (inflamação nas articulações), serosite (inflamação nas membranas que revestem o coração ou os pulmões), tenossinovites (inflamações dos tendões e membranas que os recobrem) ou de úlceras abertas na pele. Nestas condições há elevação de provas inflamatórias.

Envie um Comentário ou Pergunta!